28 de abril de 2020

De que adianta estar toda linda e produzida e morrer de vergonha de usar uma sandália? E a situação pode piorar e muito… Imagina ir jantar com o gato em um restaurante japonês e ter que ficar descalça para comer no tatame? Ai ai ai. Rsrsrsrsrs

O encontro romântico se torna desastroso se os pezinhos não estiverem em dia e a Cinderela vira gata borralheira em questão de segundos.

Tudo bem que durante o inverno os pés ficam mais escondidos dentro de botas ou sapatos fechados, mas mesmo assim, eles não dispensam cuidados especiais!!!

Descuidos com os pés facilitam a descamação, o ressecamento, as fissuras, contribuindo também para a incidência de doenças dermatológicas. É muito importante dar atenção a essa parte do corpo, que serve como base e suporta todo nosso peso. Isso sem contar o tempo que passamos de salto alto ou com os dedos espremidos em sapatos lindos porém nada confortáveis.

“Devemos ter cuidados com os pés o ano inteiro”, adverte o especialista Jayme Oliveira Filho, dermatologista membro da SBCD, Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Os pés merecem toda atenção!!!

Veja algumas dicas da SBCD para a manutenção de uma boa saúde:

1)      Hidratação adequada: é muito importante a utilização de cremes apropriados para manter a maciez dos pés – preferencialmente após o banho;

2)      Exames frequentes da planta dos pés devem ser realizados para checar a existência de eventuais pintas ou outros problemas;

3)      Calçados e meias apropriados: item importante para que não machuque ou agrave lesões pré-existentes nos pés. Calçados apertados e umidade aumentam as chances de problemas infecciosos;

4)      Corte apropriado das unhas: é comum o corte inadequado (muito curto, por exemplo), que favorecem o encravamento da unha com evolução para inflamações mais sérias;

5)      Sempre que perceber algo errado, busque um especialista!!!

Eu procuro exfoliar meus pés pelo menos uma vez por semana e passo hidratante sempre antes de dormir. Para manter as unhas bonitas, vou a manicure a cada 15 dias e peço para ela finalizar com uma bela massagem!!! Nada como a sensação de estar com os pés bem cuidados e bonitos.

Fonte: https://bit.ly/2LWVKRm
30 de maio de 2016

Calos e calosidades são resultados de atritos constantes sobre a pele, devido a uso de calçados inadequados, deformidades ortopédicas, vícios posturais , alterações na marcha, irregularidades ósseas, congênitas ou adquiridas. O tratamento do podólogo é simplesmente o desbastamento da hiperqueratose, e orientar sobre o tipo de calçados a serem usados, e indicação de órteses protetoras. Caso for irregularidade ósseas é orientado para tratamento da causa com médicos especialistas.

Fissuras
(Rachadura nos calcanhares)

A imagem de rachaduras e pele desidratada à mostra não é nada agradável.

Quando a pele é agredida por fatores externos (atrito com calçados) ou falta de hidratação, a mesma tem uma reação de engrossamento (acumulo de queratose), que surge como defesa, formando assim, calos ou calosidades.

A utilização de produtos que mantém a hidratação da pele ajuda muito na reparação tecidual.

Os pés sustentam o corpo de maneira que podem sofrer inúmeras patologias (doenças), que devem ser tratadas por especialistas (médicos e podólogos)

O aparecimento de rachaduras ocorre por várias causas:

  • Defeitos ortopédicos
  •  Hereditariedade
  •  Alterações climáticas
  • Conseqüências de psoríase
  • Diabetes
  • Doenças vasculares
  •  Obesidade
  • Micoses
  • Agressões químicas
  • Andar descalço
  •  Uso de calçados abertos nos calcanhares (sandálias).

O tratamento do podólogo é a umectação local com emolientes, e em seguida feita a remoção da queratose (calosidades) e lixamento.

Dependendo do diagnóstico, o paciente é encaminhado a médicos especialistas, pois assim pode ser tratada a causa das fissuras calcâneas.

 Procure sempre usar calçados adequados, controlando essas rachaduras com o uso diário de cremes á base de uréia hidratante e alto poder de cicatrizes.